quarta-feira, 13 de março de 2013

Eternidade & Saudade



“Às vezes eu me pergunto, por que a maioria das pessoas vivem com essa ideia de eternidade? Passam mais um dia como se fossem imortais. Amanhã eu faço, mês que vem eu vou. No próximo ano eu começo. Depois, depois. E se a vida tirar seu tempo? Você vê alguém saindo da sua casa e sussurra um até logo. Até quando? Abra os olhos, esse logo nem sempre é breve, talvez ele nem chegue, mas a grande falha do ser humano é se confortar sabendo que as coisas não estão certas. Morremos a cada minuto que passa, somos escravos da mortalidade. Sua rotina pode mudar a qualquer segundo. Não espere um fim pra lembrar que você poderia ter dito que sentiria saudade.”

— Sean Wilhelm

Nenhum comentário:

Postar um comentário