quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Onde Chegamos

Rafael Deleon


Onde Chegamos

Verônica Távilla


Me responda!
Vamos me responda!
Responda antes que você dê o último suspiro,
Antes que sua vida, ou melhor que nossa vida
passe diante de seus olhos!

Adeus meu bem!
A noite está fria; como naquela de lua cheia!

Vê onde me fez chegar!?
Percebe o mau que você me fez;
O mau que você me fez fazer!
Sabe de uma coisa, eu apenas estou retribuindo o favor!

Só que da próxima vez me dê uma morte indolor, como não será o seu caso!
Eu até poderia lhe falar palavras confortáveis, mais consolo você não me deu,
e dessa vez quem está por baixo não sou eu!
O sangue a ser derramado vai ser o seu.

Espero que saiba que nosso amor morre
aqui e agora, com você querido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário