domingo, 25 de outubro de 2009

Pequeno e verdadeiro - Rafael Deleon

Rafael Deleon

Pequeno e verdadeiro

Rafael Deleon


Não é nenhum grande,
Mais é tudo que tenho,
Bate forte, quando te ver,
Mais fraco, com seu desprezo


Aperta com seu calor,
Tranqüiliza-se com seus beijos
E dói, sem você,
Hoje é fraco, mais foi forte por ti


Era ansioso pra te ver,
Era uma festa quando tocava ele,
Era uma tristeza, quando não ligava para ele,
Era...


Era vivo, Mais ele morreu,
Voltou a nascer com um novo pensar,
Sem cuidados, bate devagar,
Como nunca tivesse vivido um amor,
Coração, não bate mais como antes por ti.


Amor que um dia nasce outro dia morre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário