sábado, 26 de setembro de 2009

Virar páginas



É preciso, virar páginas!
Os dias se vão, um após o outro
sem que nada possamos fazer.
Não há nada de errado nisso,
apenas continuar o caminho, que
é preciso.
Mas o que sentimos, fica.
Fica nas nossas memórias, como
lembranças das páginas passadas.
Nas seduções, das canções.
Nos escritos, dos nossos diários.
Nos cheiros, nos momentos vividos.
Nas alegrias, compartilhadas.
Nos choros, inevitáveis.
Nos olhares, que foram trocados.
Nos carinhos e desejos, muito sentidos.
Mas, algumas páginas podem voltar,
para serem lidas outra vez.

Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário