domingo, 27 de setembro de 2009

Quando você

Rafael Deleon


Quando você

Rafael Deleon


Quando você me pediu para que eu te amasse
Não pediu para eu te esquecer,
Quando você pediu para eu confiar em você
Não deu motivos para isso acontecer,
Quando você me chamou de amor,
Não disse que era só para me conquistar.

Quando você disse que eu era especial,
Não me disse que era só para apegar-me a você,
Quando você me pediu um abraço,
Não me disse que era para amenizar seus erros comigo,
Quando você fazia cenas de ciúmes,
Não me disse que era para demonstrar que gostava de mim

Quando você ao telefone dizia que me amava
Não disse que era só para tentar dar-me segurança sobre seus atos,
Quando você me pediu meus sentimentos,
Não me disse que era para serem brinquedos do seu dia-a-dia
Quando você me pediu para eu te ligar
Não me disse que era para sorrir de mim entre os outros!

Quando você me pediu para eu continuar o mesmo
Não me disse que você mudaria,
Quando você disse que encontraria outro (a) antes de você,
Não me disse que já compartilhará outros abraços,
Quando você me pediu para não te machucar,
Não me disse que iria me enganar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário