quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O fim do amor

Rafael Deleon

O fim do Amor

Fernanda Mendonça




Ao menos hoje queria que você saísse da minha cabeça.
Não quero lembrar de nada que faça alguma menção a ti.
No meu coração você perdeu o espaço de destaque, agora é só mais um
sentimento ruim e de mau gosto.
Odeio lembrar de tudo que fiz por você, e me comportei como uma boba.
Odeio como fico quando ti vejo, e como você consegue me ganhar sem
esforço algum.
Você não sabe o que é amar e o que é o amor.
Ti dei todas as oportunidades, mas como sempre você joga tudo pela
janela e menospreza meu amor.
Será que um dia quando lembrar de tudo que aconteceu seja uma medíocre
e vaga lembrança de alguém que foi apenas mais um na multidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário