sábado, 27 de dezembro de 2008

Desejo-te

Rafael Deleon

Desejo-te

Verônica Távilla



Desejo-te como a noite
deseja o esplendor de um belo luar

Desejo-te insensatamente
a cada instante desesperadamente
um amor que me dilacera crescentemente

Desejo-te porque és minha paixão
sem você, fico sem chão
desejo-te, e meu amor por ti
queima em chamas meu coração.

Desejo-te agora e sempre
nosso amor pra mim é reluzente

Desjo-te
agora, aqui, neste exato momento
você está em mim com toda a força do meu pensamento
Simplesmente desejo-te para a vida toda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário